Área: Ciências Agrárias
Subárea: Ciência e Tecnologia de Alimentos
Estado: Distrito Federal
Cidade: Brasília
Escola: Centro de Ensino Médio 02 do Gama

Resumo: O principal objetivo deste projeto foi produzir um plástico biodegradável, visando oferecer uma solução ecológica e economicamente atraentes, para dois grandes poluentes do meio ambiente: os rejeitos da indústria da laranja e o plástico derivado do petróleo. O plástico, segundo a ONU, é um dos principais poluidores do meio ambiente. A casca da laranja, por sua vez, contém altos índices de matéria orgânica, tornando-a um agente altamente poluidor quando descartada de maneira indevida. O processo para a produção do plástico biodegradável é dividido em duas etapas: pré-tratamento e preparação da solução. Na primeira, as cascas são lavadas por 3 dias para se retirar os açúcares solúveis, e após isso são secas e trituradas até virarem pó. Para a preparação da solução, são misturados água deionizada, ácido cítrico e glicerina, junto com o “pó de casca de laranja”. Essa solução é colocada em Banho-Maria por uma hora a 70 °C sob agitação constante. Feito isso, a solução obtida é distribuída em Placas de Petri para secar por quatro a sete dias, em uma estufa improvisada feita de madeira e alimentada por energia solar. Esse procedimento nos permitiu obter membranas translúcidas, com um bom aspecto visual, e baixo custo de produção. Entretanto, suas propriedades mecânicas ainda devem ser melhoradas. Estão sendo testadas novas metodologias, acrescentando aditivos, a fim de se obter um material mais resistente e modelável, que possa ser utilizado para a fabricação de diversos produtos substituindo com eficiência o plástico derivado do petróleo.


Foto dos autores do projeto
Foto do projeto